Visibilidade Trans: Edise e Edisen receberam exposição de cartuns

A exposição de cartuns da ex-petroleira Alice Pe­reira, promovida pelo Grupo de Trabalho de Diversidade e Combate às Opressões do Sindipe­tro-RJ, em celebração ao Dia Nacio­nal da Visibilidade Trans, ficou em cartaz até quinta (31) no hall do Edi­se e sexta e segunda (4) no EDISEN.

A artista esteve presente e par­ticipou de um bate papo apresen­tando seus quadrinhos.

Segundo dados da Rede Trans, em 2018, cerca de 150 travestis e trans foram mortos brutalmente em todo o Brasil, mantendo a esta­tística de país que mais mata tra­vestis e transexuais. O Dia Nacional da Visibilidade Trans é celebrado em 29 de janeiro. Neste dia travestis e transexuais realizaram mobilizações por todo o país para denunciar casos de violência e preconceito e debater sobre como ter acesso aos direitos garantidos pela Constituição.

A exposição no Edise aconteceu em conjunto com a Campanha de Sindi­calização onde é possível obter infor­mações, dar sugestões, fazer críticas, sindicalizar-se e conversar sobre ações jurídicas, inclusive sobre a liminar da suspensão do equacionamento da Pe­tros.

Alice Pereira, deseja publicar um livro com suas histórias. Apoie e parti­cipe através de financiamento coletivo, no link: www.catarse.me/pequenasfeli­cidadestrans

Versão do impresso Boletim CVII

Comente com o facebook
Compartilhe:


Aumentar a fonte
Alto Contraste