Um recado à democracia? Corpo é abandonado durante ato na Faculdade Nacional de Direito no Rio Corpo FND

Um recado à democracia? Corpo é abandonado durante ato na Faculdade Nacional de Direito no Rio

Um corpo foi abandonado dentro de um carro roubado, no início da tarde desta sexta-feira (26), em frente à Faculdade de Direito da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), no Centro do Rio, enquanto acontecia no local uma “Aula Pública contra o Fascismo”, organizada pelo Centro Acadêmico Cândido de Oliveira (CACO) e pelo Diretório Central dos Estudantes da universidade. A vítima foi identificada como Maurício Venâncio.
Segundo um dos diretores do CACO, o Sandero Branco com marca de tiro foi abandonado em frente ao prédio, que fica na Rua Moncorvo Filho, próxima ao Campo de Santana.

Em nota, o CACO esclareceu que o morto não fazia parte do ‘corpo social da FND’. “Pedimos que todos mantenham a calma”.
Às vésperas das eleições presidenciais, estudantes e universidades de todo o Brasil estão revivendo momentos de repressão e censura que remetem aos tempos da Ditadura Militar.

Nos últimos dias, alunos, professores e dirigentes de universidades públicas de todo o país relataram operações da Justiça Eleitoral para fiscalizar suposta prática de propaganda eleitoral nas instituições. Em sua maioria, as decisões julgam atos em defesa da democracia como suposta propaganda eleitoral.

Em processo eleitoral com ações do TRE em universidades públicas e gratuitas, um corpo é encontrado dentro de um carro na porta da Faculdade de Direito da UFRJ nessa sexta (26). A imprensa, em busca de garantir registro dos fatos, acompanhou todo o processo de trabalho da Perícia no local.

Posted by Sindipetro-RJ on Friday, October 26, 2018

Comente com o facebook
Compartilhe:


Aumentar a fonte
Alto Contraste